O Tri facilita um direito do trabalhador:
receber o vale-transporte.


Com o cartão Tri, todos têm muitas vantagens.

Segurança
Circulação de menores valores dentro do ônibus e dentro das empresas. E em caso de perda ou roubo, é só cancelar o cartão.

Economia
Para quem utiliza dois ônibus de Porto Alegre com o cartão TRI ou SIM no intervalo da integração, a segunda passagem é de graça.

Praticidade
Todo o processo de compra de créditos é através da internet. E a carga nos cartões é feita dentro dos ônibus.

O cartão Tri vale-transporte é concedido pelo empregador aos seus funcionários e é um documento do trabalhador. Em caso de desligamento da empresa, o titular leva o cartão consigo e poderá utilizá-lo em outro emprego.

Se você é trabalhador solicite ao seu empregador o novo cartão Tri.

Se você é empregador, para solicitar o cartão Tri Vale-transporte é necessário estar cadastrado em nosso sistema.

EMPREGADOR:
Procedimentos para solicitar o cartão TRI vale-transporte

Dados necessários para cadastro:

Pessoa Jurídica
CNPJ, Inscrição Estadual, Razão Social, e-mail (válido e usual, pois será fundamental na troca de informações entre o Tri e sua empresa), endereço, telefone e senha (que será de sua escolha e terá no mínimo 6 caracteres).

Pessoa Física
CPF, nome completo sem abreviações, e-mail (válido e usual, pois será fundamental na troca de informações entre o Tri e você), endereço, telefone e senha (que será de sua escolha e terá no mínimo 6 caracteres).

Informações de Funcionários
Nome completo sem abreviações, sexo, CPF, data de nascimento, nome da mãe, endereço residencial, telefone, e-mail, quantidade de vales-transportes utilizados por dia.

Siga as orientações abaixo para realizar o cadastro

1 – Cadastro de empresa (CNPJ)

Preencha os dados solicitados de sua empresa, sem abreviações ou acentos. Os campos que possuem asteriscos são de preenchimento obrigatório. Ao completar a ficha cadastral leia atentamente os termos do Contrato de Adesão do sistema. Após o envio de dados, aguarde email da central do TRI confirmando seu cadastro.
Atenção: informe e-mail válido e usual, pois ele será fundamental na troca de informações entre o Tri e sua empresa.

2 – Cadastro de funcionários

Após o recebimento da confirmação da central do TRI via e-mail você (empregador) estará apto para cadastrar seu(s) funcionário(s). Acesse novamente o site www.tripoa.com.br. Na opção Vale-transporte, em Empregador clique no ícone Cadastro e pedido Vale-transporte, em Usuário cadastrado informe CNPJ e senha escolhida no ato do cadastramento. Em Cadastro de funcionários, preencha os dados solicitados. Ou, exporte as informações em arquivo no formato txt gerado a partir do programa do Windows bloco de notas. Ao concluir o cadastro dos funcionários aguarde contato de confirmação, via e-mail, da central do TRI.

3 – Retirada de cartão

A retirada dos cartões será realizada no local indicado no seu cadastro, sete a dez dias após receber, via e-mail, a confirmação de cadastro de funcionários. Nesse e-mail você obterá também as informações sobre desbloqueio de cartões e solicitação de créditos.

4 – Compra e recarga de créditos

Acesse www.tripoa.com.br na opção Vale-transporte. Em Empregador clique no ícone Cadastro e pedido Vale-transporte e em Usuário cadastrado informe CNPJ e senha escolhida no ato do cadastramento. Ao abrir a página com o nome de sua empresa, clique em Pedidos e em Incluir. Ao finalizar o pedido imprima o boleto bancário e efetue o pagamento em qualquer agência bancária no prazo máximo de 10 dias. Quatro dias úteis após o pagamento, os créditos serão carregados pelo funcionário, ao passar o cartão no validador, dentro dos ônibus.

TRABALHADOR

Utilização do cartão de Vale-transporte

Para carregar os créditos


Basta aproximar o cartão do validador. Não é necessário apresentar o cartão ao cobrador.


Será mostrado na tela o valor da sua recarga.

Para Passar a Roleta


Aproxime o cartão do validador e aguarde o sinal. Não é necessário apresentar o cartão ao cobrador.


Aparecerá a sigla V.T. e o seu saldo restante, já com a tarifa descontada.


Assim que aparecer a tela 'Passe', você pode passar a roleta.

O cartão Tri Vale-transporte não tem limite de uso, desde que tenha créditos. É possível outra pessoa, que não seja o titular, utilizar o cartão de vale-transporte para pagar a passagem, diferente dos cartões de estudante e de isenção que são intransferíveis.

É importante lembrar que o objetivo do vale-transporte é o deslocamento de casa para o trabalho. Qualquer outra forma de uso é de responsabilidade do funcionário e não está prevista na legislação.

Perda ou Roubo de Cartões

Em caso de perda ou roubo, o titular do cartão deverá ligar para a central de atendimento do Tri - 3027.9959, das 8h às 18h de seg. a sex. e aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 12h e das 14h às 18h - para que o cartão seja cancelado e uma segunda via seja solicitada. Os créditos serão bloqueados em até 24 horas. O cancelamento do cartão é irreversível.

Para retirar a segunda via do cartão o usuário deve se dirigir à rua Uruguai, nº 45 - Centro e pagar a taxa de confecção, equivalente a cinco tarifas do transporte coletivo de Porto Alegre. O prazo de entrega é de dois dias úteis. A quantia de créditos computados na data posterior ao bloqueio do cartão extraviado virá creditada no seu novo cartão.

Transferência e Venda de Créditos

Não há possibilidade de vender créditos ou transferi-los para outro cartão, assim como a legislação não permite a concessão do VT em dinheiro.

Lei do Vale Transporte

Leia a íntegra da lei do Vale Transporte através do link abaixo.
Íntegra da Lei do Vale Transporte.

Cuidados com seu cartão

Cuide do seu cartão. Não dobre, não molhe, não recorte ou cole adesivos em seu cartão, isso pode acarretar a confecção de uma segunda via.

Valor da Tarifa

Desde o dia 07/04/2014 entrou em vigor a nova tarifa dos ônibus de Porto Alegre, R$ 2,95 (dois reais e noventa e cinco centavos) conforme decreto n° 18.606 (de 03 de abril de 2014).